logo

O que a empresa está fazendo para minimizar os impactos econômicos gerados pela crise? Como está sendo planejada a retomada dos negócios.

UMICORE -

A empresa está acompanhando a paralização das montadoras, em virtude de que parte da produção é destinado à este segmento. Congelou todas as vagas, não se contrata ninguém até passar essa pandemia.

Operand -

Bom, primeiro de tudo foi ver onde poderíamos reduzir custos. Negociação com fornecedores e a decisão de pausar todas as contratações que estavam previstas para este primeiro semestre. Já tivemos a perda de alguns clientes, mas sentimos mais agora no mês de abril.

Atena Marketing -

Primeiramente, cortamos alguns custos e realinhamos a equipe para o crescimento. Prospectamos novos clientes, nos envolvemos em ações que nos deram visibilidade e aprimoramos o nosso atendimento a fim de consolidar ainda mais a relação com os clientes atuais - o que tem nos rendido indicações para terceiros. Também decidimos investir em projetos internos.

Baião, Luquini e Taveiros Advogados -

Com a redução do volume de trabalho no nosso ramo de negócio, estamos antecipando as férias possíveis, para que na retomada não fiquemos desfalcados pela ausência dos colaboradores por mais esse motivo. Além disso, estamos caminhando para aplicação da suspensão do contrato de trabalho, permitido na MP publicada recentemente. Estamos renegociando contratos com fornecedores, principalmente em serviços que nesse momento se tornam obsoletos, como os vinculados ao local físico da empresa. Mas também estamos focados na prospecção de clientes para sairmos dessa crise mais fortes do que entramos nela.

SUEZ -

Programação de férias, revisão de orçamentos/projetos

Metadados Assessoria e Sistemas -

Plano de negócios com diversos cenários. Os principais impactos são inadimplência, downgrade, redução no número de novos negócios.

Assecont Serviços Contábeis Ltda -

Recebemos várias solicitações dos clientes para prorrogação de mensalidade e até mesmo suspensão das mesmas durante esse período. Para o cliente analisamos cada situação e verificamos a possibilidade de prorrogação, descontos e prazos. Estamos montando um planejamento para redução de custos fixos.

Macro Plataforma -

Redução de gastos em sistemas, renegociando valores com sistemas, aluguel e etc.

eSapiens Tecnologia -

Felizmente a empresa ainda não sentiu impactos econômicos. No entanto, a empresa suspendeu contratações, suspendeu benefícios voltados ao desenvolvimento dos colaboradores e buscou renegociações junto aos seus fornecedores.

MDIASBRANCO -

temos vários comitês cuidando de todos os pilares.

eSapiens Tecnologia -

Felizmente a empresa ainda não sentiu impactos econômicos. No entanto, a empresa suspendeu contratações, suspendeu benefícios voltados ao desenvolvimento dos colaboradores e buscou renegociações junto aos seus fornecedores.

Magazine Luiza -

A alta liderança da companhia, sensível aos desafios econômicos reduziu em 80% por um período de três meses os salários de seus 02 principais executivos: o CEO e o vice-presidente de operações. As remunerações dos 12 diretores executivos tiveram uma diminuição de 50%, mesma redução aplicada para os 07 membros do Conselho de Administração, e as dos demais diretores, de 25%. O Magalu também iniciou um amplo movimento de renegociação de contratos com fornecedores diretos e indiretos, com o objetivo de reduzir custos e ampliar prazos de pagamentos. Isso tudo sem perder de vista a estratégia de negócios, baseada no desenvolvimento de um ecossistema digital voltado ao varejo, que seja o mais inclusivo possível e que contribua para digitalizar o Brasil. Mais recentemente, lançamos o Parceiro Magalu, uma plataforma de vendas voltada para micro e pequenos varejistas e o ship from store, imprimindo velocidade total ao nosso modelo de entrega visando eficiência operacional e qualidade do serviço

Prudential do Brasil -

Monitoramento da area financeira sobre o impacto, realizando analises. Ate o momento, sem grandes impactos, estamos somente tentando cuidar do g&a.

Unimed-Rio -

Temos um aumento da sinistralidade projetada para os próximos meses. Ainda não tivemos uma queda de receita, porque, por se tratar de um negócio do ramo de saúde, entendemos que a nossa queda de receita não será tão grande, uma vez que as pessoas que pagam o plano vão continuar pagando, para poderem utilizar nessa pandemia. Mas, estamos aguardando as próximas semanas para entender como vai ficar nosso custo assistencial, pois o mesmo tende a crescer bastante. Em paralelo a isso, estamos trabalhando junto à ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar) para que possamos usar nossas provisões técnicas financeiras para o atendimento das nossas principais necessidades (que ainda irão acontecer), nesse caso, o custo assistencial.

ONErpm Mídia Digital -

Ainda não fomos impactados.

Strattner -

Como somos uma empresa que atua no segmento de saúde, na comercialização de equipamentos médicos, é imprescindível atuarmos com agilidade junto aos nossos clientes para não interromper o fornecimento dos produtos e serviços mais necessários ao combate ao COVID. Por isso priorizamos algumas ações: reforçamos o treinamento da nossa área de vendas, através de sessões online via Teams, conduzidas pelos nossos especialistas de produtos com foco nos equipamentos mais necessários a esse período; reforçarmos o relacionamento com nossas representadas internacionais para construção de planos de ação que minimizem eventuais impactos na logística e distribuição e estamos testando alternativas para não interromper o abastecimento local.

Controller -

A princípio estamos analisando cada situação. Verifocando os aspectos relacionados ao financeiro e elaborando reuniões junto a diretoria e presidência. Estamos atuando para entregar ainda mais Valor, aos nossos clientes, que inclusive já solicitaram reduções do contrato. Nesse momento algumas promoções horizontais, também estão sendo analisadas.

Montaury Pimenta, Machado & Vieira de Mello -

Solicitando de alguns fornecedores, redução de custos, pelo período de duração da crise prevista para os meses de abril, maio e junho. Principal impacto é a queda na receita.

Qualiserve It Experience -

A diretoria ainda não passou, até acredito que seremos impactados talvez com redução de jornada, mas nada efetivo ainda.

SESC MATO GROSSO DO SUL -

Nosso maior impacto econômico está na receita dos serviços e como somos do chamado "Sistema S" também tivemos o corte em 50% da receita compulsória por três meses. Estamos negociando com fornecedores, com clientes e ajustando todas as requisições de compras. Optamos por dar férias aos nossos colaboradores para ter força total na retomada dos serviços e assim tentar recuperar parte do prejuízo, tentando não demitir ninguém.